Category Archives: Dicas para fotografar crianças

Este é um conjunto de posts que fiz durante o ano de 2013 e que retomei brevemente em 2016. Nestes posts encontram dicas para fotografar crianças que vos ajudarão a obter melhores fotografias dos vossos miúdos.

São dicas sobre luz, composição entre outros truques que irão tornar as vossas fotografias mais interessantes e apelativas. 

Luz uniforme no rosto | Dica de fotografia

Na dica de hoje vou falar sobre luz e como a devemos aproveitar para conseguir um bom retrato dos miúdos.

O importante é que a luz incida no rosto de modo uniforme. Isto é, devemos evitar colocar a pessoa que estamos a fotografar numa zona que faça sombras e luz muito fortes. O resultado vai ser um retrato “às manchas” de luz e sombra contrastadas que só vão resultar em distracção na imagem. É óbvio que há excepções e esse efeito pode até dar em imagens interessantes, mas não é o que acontece na maior parte das vezes.

Seguem alguns exemplos que exemplificam o que quero dizer e que devemos evitar.

dica-fotografia-luz-uniforme-01 dica-fotografia-luz-uniforme-02

Isto acontece mais em dias de muito Sol em que a luz é muito dura. A solução passa então por procurar zonas de sombra em que a luz que incide nos rostos é uniforme, mas que tenha também alguma direcção. O resultado é uma fotografia muito mais agradável ao olhar e torna-se muito menos incomodativa aos fotografados. Nos dias nublados, esta preocupação não existe, a luz já é suave, já nos oferece essa uniformidade e não precisamos de procurar sombras. Em casa, a solução passa por usar uma janela como uma fonte luz suave e uniforme, como também já falei aqui.

Vejam estes exemplos e para ver as outras dicas já publicadas é só clicar aqui.

dica-fotografia-luz-uniforme-03 dica-fotografia-luz-uniforme-04 dica-fotografia-luz-uniforme-05 dica-fotografia-luz-uniforme-06 dica-fotografia-luz-uniforme-07

Risos genuínos | Dica de fotografia

Hoje partilho com vocês mais uma dica para conseguirem melhores fotografias da vossa família. Qualquer pai adora ter uma boa fotografia do seu filho a sorrir e para o fazer o que faz, na maioria das vezes, é pedir mesmo ao filho que sorria para a câmara. O resultado é sempre um sorriso muito forçado, nada real em que nada representa a personalidade da criança. A dica que partilho hoje é algo que eu faço imensas vezes nas sessões para conseguir ter alguns sorrisos e gargalhadas naturais que acabam sempre por resultar em fotografias que os pais adoram e fazem com que toda a família descontraia e desfrute da sessão.

A ideia é fazer do momento um jogo e uma brincadeira para os miúdos. Algo que resulta em 90% das vezes (depende também da idade) é jogar ao “sério” (o primeiro que começar a rir perde). Eu mesma jogo com os miúdos ou peço aos pais para entrarem na brincadeira. E o que acontece quando pedimos a uma criança para não se rir? Mais tarde ou mais cedo não vai aguentar e lança uma mega gargalhada.

Uma outra forma de conseguir um riso natural é pedir, por exemplo, que nos faça uma careta. Mas que não a faça já, que pense primeiro muito bem na careta mais feia que conseguir e que a faça só no final de uma contagem decrescente (ou contar até 3). Há que dar ênfase à importância da contagem decrescente, porque a antecipação e aquele sorriso de quem não pode rir e se está a preparar para fazer algo divertido resulta em grandes expressões. Para não falar do depois de se desfazer da careta em que sai, com certeza, mais uma gargalhada.

As imagens que se seguem são resultado deste tipo de brincadeiras.

E vejam (ou revejam) aqui todas as dicas publicadas até agora.

dica-fotografia-criancas-01 dica-fotografia-criancas-02 dica-fotografia-criancas-03 dica-fotografia-criancas-04 dica-fotografia-criancas-05

Ocupar toda a imagem | Dica de fotografia

Neste post partilho mais uma dica para aplicarem quando estiverem a fotografar os vossos filhos. Esta é muito fácil e permite obter imagens simples e muito bonitas. E consiste simplesmente em tentar ocupar toda a imagem com o rosto do fotografado. Utilizando o zoom da vossa máquina ou aproximando-se mais da criança, esta perspectiva resulta em retratos que vão adorar. Para além disso tenham em atenção à luz e tentem captar aquele brilhozinho nos olhos (vejam como aqui) e também cuidado com os cortes ao nível do pescoço (mais sobre isso aqui).

dica-fotografia-criancas-01 dica-fotografia-criancas-02 dica-fotografia-criancas-03 dica-fotografia-criancas-04 dica-fotografia-criancas-05 dica-fotografia-criancas-06 dica-fotografia-criancas-07

Exagerar nos ângulos de perspectiva | Dica de fotografia

Na primeira dica que partilhei (e que podem ver aqui) falei da importância de nos baixarmos e de nos colocarmos ao nível dos olhos das crianças quando as estamos a fotografar. No entanto, uma das coisas que gosto de fazer, e faço muitas vezes, é exagerar esse ponto de vista e fotografar de baixo para cima e fazer também o inverso, apontando a máquina para baixo.
Fotografar de baixo para cima oferece ainda mais aquela perspectiva da criança que tem de que tudo é maior que ela. Gosto não só de utilizar uma lente grande angular, o que permite que muitos elementos entrem na imagem (o espaço, os brinquedos, etc), como também gosto de utilizar distâncias focais mais longas e isolar a criança que oferece aquela sensação de pequena gigante criança que ocupa toda a imagem.

dicas-fotografia-01 dicas-fotografia-02 dicas-fotografia-03 dicas-fotografia-04

O fotografar de cima para baixo oferece outra perspectiva completamente diferente. Com bebés pequeninos que gostam de estar de barriga para cima, isto é delicioso. Mas adoro também registar momentos em que os miúdos estão a brincar no chão ou até aquele olhar curioso que fazem quando os chamamos e olham para cima.
Experimentem!

dicas-fotografia-05 dicas-fotografia-06 dicas-fotografia-07 dicas-fotografia-08 dicas-fotografia-09