Tag Archives: fotografia de família

Um passeio pela Vista Alegre | Sessão Fotográfica Família

A zona da fábrica da Vista Alegre em Ílhavo, que foi recentemente recuperada, foi o local escolhido para esta sessão de família. Olhar agora para as fotografias desta sessão, que teve lugar num dos últimos dias quentes do Verão passado, só nos faz ter mais saudades do calor, do Sol e de vestir roupa mais leve.

A combinar com as cores alegres desta zona, estes miúdos transbordavam de energia e boa disposição! E estavam também super felizes pela chegada do mano mais novo que estava quase a nascer.

01-sessao-fotografica-familia 02-sessao-fotografica-familia 03-sessao-fotografica-familia 04-sessao-fotografica-familia 05-sessao-fotografica-familia 06-sessao-fotografica-familia 07-sessao-fotografica-familia 08-sessao-fotografica-familia 09-sessao-fotografica-familia 10-sessao-fotografica-familia 11-sessao-fotografica-familia 12-sessao-fotografica-familia 13-sessao-fotografica-familia 14-sessao-fotografica-familia 15-sessao-fotografica-familia

Em Lisboa | Sessão fotográfica bebé

No início deste ano desloquei-me ao Montijo para conhecer o Afonso e realizar a primeira sessão fotográfica de 2016.

Foi uma sessão muito calma, respeitando o ritmo do Afonso com apenas três meses de idade. O resultado final é reconfortante, fiquei muito satisfeita por conseguir transmitir, através das fotos que realizei, todo o carinho, afecto e cumplicidade que envolve esta família.

Tenho recebido imensos pedidos para fotografar na zona de Lisboa e, muitas vezes, o custo associado à deslocação desencoraja algumas famílias. Por isso, ultimamente, tenho tentado reservar alguns dias para me deslocar a Lisboa e fotografar famílias sendo o custo da deslocação mais favorável. Esta foi um exemplo destas sessões. Nestes dias fotografei também outras famílias de Lisboa que adoraram o meu trabalho!

A próxima data para sessões em Lisboa é de 27 a 29 de Maio. Ainda falta algum tempo, mas se quiserem aproveitar, convém marcar o mais cedo possível.

Fico à espera do vosso contacto (info@anapratas.com ou 969080297).

sessao-fotografica-bebe-01 sessao-fotografica-bebe-02 sessao-fotografica-bebe-03 sessao-fotografica-bebe-04 sessao-fotografica-bebe-05 sessao-fotografica-bebe-06 sessao-fotografica-bebe-07 sessao-fotografica-bebe-08 sessao-fotografica-bebe-09 sessao-fotografica-bebe-10 sessao-fotografica-bebe-11sessao-fotografica-bebe-12

Imprima as suas fotografias

Este é o primeiro de uma série de posts que tenho pensados que estão de algum modo relacionados com as sessões fotográficas. Entre outras coisas, irei abordar questões como, por exemplo, o que vestir para uma sessão ou uma simples sugestão do que podem fazer com as vossas fotografias. (Se tiverem alguma questão que gostassem de ver aqui abordada, enviem um email para: info@anapratas.com)

E começo então por falar de algo muito importante que é a preservação das vossas fotografias.

Uma das coisas que mais aconselho as famílias a fazer (e insisto mesmo) é que imprimam as fotografias da sessão. Não só porque a experiência de as ver papel é totalmente diferente, mas também porque é a melhor maneira de as preservar.

print-your-images-01

Há uns tempos deparei-me com uma frase (dita na altura por um fotógrafo que de momento não me lembro) que dizia algo assim: “É sempre possível digitalizar uma fotografia impressa, mas nunca se poderá imprimir a partir de um ficheiro danificado“.

A verdade é que temos fotografias que foram feitas há 100 anos (ou mais) que duraram até aos dias de hoje. Eu, por exemplo, tenho fotografias muito antigas lá por casa que até estão em boas condições (tendo em conta a tecnologia da altura), o que é incrível! Por este motivo, as fotografias que imprimirmos hoje, se feitas em laboratórios competentes, irão com certeza durar mais tempo.

A fotografia digital, por outro lado, é ainda uma tecnologia muito recente. Não sabemos como é que os ficheiros que criamos hoje e guardamos em discos evoluem ao longo do tempo. Isto é, não temos hoje nenhum ficheiro que se tenha mantido intacto durante 100 anos, exactamente porque esta tecnologia não tem, nem pouco mais ou menos, essa idade. Para não falar do facto de que daqui a algum tempo não haverá computadores que leiam CDs ou pens e que tudo irá estar na dita “nuvem”.

Sim, devem fazer cópias dos ficheiros e guardá-los em locais diferentes. Principalmente se se trata de algo tão valioso como as fotografias da vossa família. Mas façam também impressões e guardem cópias em locais de pouca humidade e onde o Sol não incida directamente. Daqui a 30 ou 40 anos, o mais certo é as versões digitais já não existirem, mas as fotografias impressas continuarão intactas, isso é garantido.

Os vossos filhos e netos agradecem.

print-your-images-02

Tríptico à Terça – o último

12-triptico-2015-12-29-blog

Um tríptico à Terça, todas as Terças.

O último tríptico desta série.