Horizontes e linhas direitas | Dica de Fotografia

Pois é, tal como referi no último post e recordei durante esta semana no facebook, este mês as dicas de fotografia estão de volta. A minha ideia é, a partir de agora, partilhar com alguma frequência (uma vez por mês, mais coisa menos coisa) uma dica de fotografia que vos ajude a fotografar melhor a vossa família. Comecei a publicar este tipo de posts há uns anos e para quem ainda não conhece ou já não se lembra pode lê-los todos aqui.

E hoje vou falar de horizontes e outras linhas que aparecem na imagem e aos quais devemos ter atenção para evitar fotografias tortas. Para mim, este é um aspecto importante. Cada vez que vejo um horizonte inclinado numa fotografia, o movimento de rodar a cabeça para o lado é automático. Seja numa fotografia em exterior com o mar a pender para um dos lados ou mesmo em interior, com um chão inclinado por exemplo, que pode dar a sensação de que uma criança sentada vai cair para um dos lados.

E confesso que, por muita atenção que tenha, eu cometo este erro muitas vezes. Mas incomoda-me de tal maneira que, na altura de editar as fotografias, essa é a primeira coisa corrijo, já me é automático. O ideal é acertar no momento do disparo, mas nem sempre é possível pois há que disparar no instante em que determinado momento está a acontecer (seja um sorriso de uma criança, o carinho do pai ou da mãe, etc). A melhor maneira de evitar este erro é estar atento às linhas presentes no nosso campo de visão, como horizontes, portas, janelas, etc, e termos uma posição correcta quando seguramos a máquina e espreitamos pelo visor.

Neste exemplo podem ver uma fotografia propositadamente inclinada (reparem na janela).

dica-fotografia01

É uma fotografia que gosto muito, mas a sensação de plano inclinado faz-me imediatamente rodar o pescoço para compensar.

E agora, a mesma fotografia, com o horizonte corrigido.

dica-fotografia02

É um detalhe que faz muita diferença. Não é muito mais confortável?

Aqui seguem mais uns exemplos:

dica-fotografia03 dica-fotografia04 dica-fotografia05

No entanto, tal como todas as regras, há excepções. E algumas vezes a imagem tem um dinamismo e energia tais que o facto de o horizonte estar inclinado não tem qualquer importância e pode até fazer parte da fotografia, tal como acontece nas imagens que se seguem.

dica-fotografia06 dica-fotografia07

Espero que tenham gostado e que esta dica vos seja útil. Daqui a umas semanas há mais.

Post a Comment

Your email is never published nor shared. Required fields are marked *

*
*